Qual o seu propósito de vida?

Essa pergunta pode parecer complexa e até mesmo sem resposta se não pararmos para refletir o que está escondido por trás dela.

É normal que com a correria constante do dia a dia nós nos distanciarmos de nós mesmos. São tantas coisas a fazer. Trabalho, casa, estudo, filhos, relacionamento, enfim, tantas ocupações que acaba não sobrando tempo para nós.

E com isso o tempo vai passando, passando, e, quando nos damos conta, estamos fazendo coisas, vivendo uma vida que não era exatamente aquela que queríamos.

E é aí então que algumas questões começam a surgir:

Qual o propósito da minha vida? Por que eu existo? O que eu gosto de fazer? O que me faz feliz?

São questionamentos que em primeiro momento não conseguimos responder. Muitas vezes as respostas parecem distantes. Mas só o fato de começarmos a nos questionar sobre esses assuntos já nos coloca em movimento em busca da resposta.

É muito simples. Quando você não sabe que uma coisa existe, você pode até encontrar com essa coisa, que ela não irá significar nada para você. Agora quando você está procurando uma coisa, por mais que você demore a encontrar, uma hora você irá achar.

Uma vez questionado qual o seu propósito, a sua busca estará iniciada.

E quando eu falo em propósito de vida não estou falando exatamente de uma meta específica, ou mesmo respostas como “ser reconhecido no meu trabalho”, “ter uma família linda e feliz”. Estou falando de você ser VOCÊ. Única e exclusivamente você. Alinhado com a sua essência.

Quando você assumir os seus valores de vida, se conectar com você, com a sua centelha de vida, com o seu eu superior, tudo, simplesmente tudo em sua vida passará a fazer mais sentido.

Gostou?
Compartilhe com carinho

Deixe uma resposta